quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Fazer as unhas à noite: Saiba como evitar borrões ou consertá-los no dia seguinte


Quando a agenda avisa de algum compromisso importante no dia seguinte e o estado das unhas não está apresentável, pegar a caixinha de manicure e tentar dar um jeito sozinha é a única alternativa. O problema é que decidir fazer as unhas antes de dormir não é uma daquelas ideias muito promissoras - mesmo com todo o cuidado do mundo o risco de acordar com elas borradas no dia seguinte é alto. Ainda assim não é preciso inutilizar todo o trabalho da noite anterior removendo o esmalte por completo: anote as dicas que vão te ajudar a salvar seu visual.

Fazer as unhas à noite exige blindagem especial contra borrões

Antes de aprender a consertar um desastre nas unhas, que tal tentar evitá-lo? Mesmo que a aplicação do esmalte tarde da noite seja inevitável, existem alguns cuidados que podem ajudar a minimizar os riscos de acordar com o visual detonado. O primeiro deles está na espessura da camadas esmalte – quanto mais finas elas forem, mais rápido o líquido vai secar e menores são as chances do travesseiro ou lençóis provocarem borrões. Mesmo para quem gosta de uma cobertura mais espessa, aplicar duas camadas finas vai conseguir um resultado melhor do que apenas uma mais grossa.
O principal segredo para essas horas está em encontrar um bom top coat, aquela cobertura que ajuda a uniformizar, dar brilho e, principalmente, a secar mais rápido. Ele é fundamental para diminuir o tempo de secagem do esmalte e ainda ajuda em um acabamento mais bonito e resistente. Depois de terminar tudo, prepare um copo com água gelada e deixe as unhas em contato com o líquido frio por algum tempo – as baixas temperaturas ajudam a enrijecer o esmalte e a deixá-lo mais firme para o dia seguinte.

Conserte as unhas borradas em poucos passos

Mesmo com todos esses cuidados, vai ser difícil escapar de borrões se as mãos forem parar debaixo do travesseiro durante o sono. Nesses casos entra em cena o plano de recuperação que envolve uma daquelas lixas em formato de bloquinhos de espuma e o precioso top coat.
Com a lixa suave, tente polir as rugas e bolinhas que se formaram deixando o esmalte o mais uniforme possível nos dedos. Nessa hora podem surgir partes que acabam ficando sem esmalte – para igualar a cor, aplique um pouco de esmalte apenas nas falhas, sempre tomando cuidado para não exagerar na quantidade. Depois disso, basta passar uma camada de top coat para ver a definição e o brilho voltarem para as unhas.


Se você gostou das minhas dicas, continue acompanhando o blog da Mayumi Ohasi e me siga nas redes sociais: facebook e Instagran  ;) !

Proxima Anterior Inicio

0 comentários :

Postar um comentário